Resenha de O Caminho do Louco pelo canal Leia Um Jogo

Mais uma video-resenha muito positiva de O Caminho do Louco. Esta é a primeira que mostra o livro em si e a diagramação.

The small tribe

Warren Ellis, que acompanho desde o final dos anos 90 e tem escrito cada vez melhor, compartilha ótimos insights sobre os rumos sociais que a Internet tomou e seu respectivo – e necessário – backlash. Também tenho adorado newsletters:

“I personally wish I could start nominating or commanding people to start newsletters. This is the part of internet2015 I have really enjoyed: people writing open letters. Newsletters are on their way to being professionalised the way blogs were, as I think I’ve said, and, who knows, maybe 2016 will be significantly less fun in the newsletter space.  But there are lots of little bits of joy out there right now.

I don’t get much email. I like newsletters.”

E esta parte que adoro:

“in a more fractionated and less operable digital-social world, maybe newslettering is the fallback into a functional tribal living. People used to complain about “walled garden” technologies that weren’t on the open web, but, ultimately, people like walled gardens. Choosing to tend a small communal garden is preferable to being pissed on for daring to walk outside, or letting just anybody in and dealing with them pouring flat lager on your bushes and shitting in the cabbages.”

Extraído da genial newsletter de Ellis, Orbital Operations.

Hiriburu no Argos 2013

Meu conto Hiriburu é um dos finalistas do prêmio Argos 2013, a mais importante premiação de ficção científica do Brasil. A história foi publicada ano passado pela editora Terracota na coletânea Caminhos do Fantástico. Curiosamente, isso acontece exatos dez anos depois de outro conto meu, O Rabo da Serpente, ter sido finalista do mesmo prêmio Argos, em 2003. Na torcida dessa vez!

O prêmio Argos é concedido pelo CLFC, o Clube de Leitores de Ficção Científica. Meu enorme “muito obrigado” a todos os que leram Hiriburu e votaram nele para finalista. A premiação acontece no dia 22 de setembro, dentro do evento Fantasticon. Colo aqui a lista completa dos finalistas.

Na categoria história longa:

O Alienado, Cirilo S. Lemos – Editora Draco
Kaori e o Samurai sem braço, Giulia Moon – Editora Giz Editorial
Sozinho no deserto Extremo, Luiz Bras – Editora Prumo
Territórios Invisíveis, Nikelen Witter – Editora Fantas

Na categoria história curta:

As Filhas de Cassiopeia: a Ofensiva Draconiana, Hugo Vera – Space Opera II – Editora Draco
Hiriburu, Alexandre Mandarino – Caminhos do Fantástico Vol.1 – Editora Terracota
No vácuo você pode ouvir o espaço gritar, Carlos Orsi– Space Opera II – Editora Draco
Obliterati, Fábio Fernandes– Space Opera II – Editora Draco

O escritor Bráulio Tavares receberá um prêmio pelo conjunto da obra.

Mudança

Pessoal, a parte “blog” deste site passará para o Tumblr, em http://hypervoid.tumblr.com/. Com as redes sociais, cada vez menos leitores direcionam seus browsers para os blogs pessoais. A exceção é o Tumblr, que é mais social e participativo por natureza. Por favor, continuem acompanhando o Hypervoid (que faz 11 anos de existência em 2013) em seu novo endereço. Continuarei postando sobre o que acho mais interessante em cultura pop, magick, subversão, ciência maluca e outras coisas por lá. O que já saiu no Hypervoid até agora continuará aqui neste endereço, como uma espécie de arquivo. Mas o blog desta página passará a falar só de coisas pessoais e de meu trabalho como escritor, editor e tradutor. 

Isto porque este site, que continuará a existir e ser plenamente atualizado, passará a ser meu site profissional (pessoal?), onde concentrarei minha plataforma literária online. Posts sobre meus textos, contos online, links para livros e histórias à venda, além de material sobre meus trabalhos de sound art e música eletrônica. 

A revista Hyperpulp também continua normalmente, em seu site próprio

Esta mudança acontece porque a web se tornou mais fragmentada e ao mesmo mais monopolizada (paradoxo virtual) do que nos anos 90 e 00, graças ao Facebook e outros mega-sites sociais aglomeradores, que desestimulam a visita e o surf livre. Acho melhor granular a produção, focalizando cada canto em um determinado aspecto profissional e pessoal, ao invés de juntar todos os ovos aqui neste endereço.

Franklin McMahon

8468395672_5f56fd4ecb_c

via Today’s Inspiration