Hyperpulp

Este blog deixou de ter um nome mutável e voltou a se chamar Hypervoid, a pedido de alguns leitores que, com toda a razão, estavam achando as mudanças de nome meio confusas.

O site de contos (que anda parado, coitado) passa a se chamar Hyperpulp e agora contém também os ensaios de não-ficção, já que achei por bem deletar o antigo HyperPOP, que não estava sendo atualizado mesmo. Pretendo voltar a postar com mais frequência aqui no blog e no site de contos, é só as coisas se arrumarem aqui esse mês (tenho uns textos pra entregar). Depois disso, o Hypervoid, o Hyperpulp e o McQueen voltarão com atualizações bem frequentes.

Things Inside My Computer

Recriei o fotolog, desta vez chamado Things Inside My Computer. Como minha única câmera não é digital, o flog será de screenshots. Ou seja, imagens “fotografadas” da tela do computador, usando a tecla Print Screen como “câmera” e programas de captura de screenshots como “lente”.

Sim, eu sei, tempo livre demais dá nisso.

Break On Through

Feliz Natal e um Excelente 2005 pra todo mundo!!

O blog e o Hypervoid voltam após o réveillon! Beijos e abraços!

Mudando de pele

Acabo de descobrir que quase todos os meus 300 vinis foram destruídos, comidos por malditos cupins.

As capas foram destruídas. Sobraram os vinis, com restos de papel colados neles. Diabos, ficaram apenas um tempo dentro de uma caixa desde que eu me mudei, esperando um lugar na minha nova estante.

Pô, todos os discos que eu comprei dos meus 15 anos de idade até a invenção do CD.

Só consigo pensar no King Mob dizendo ao Mason Lang para se desapegar de suas coisas materias para não querer morrer de tristeza.

Eu quero um mundo sem insetos. Bichos de merda.

Hypervoid

O novo Hypervoid!!! Sim, tá aqui: http://www.hypervoid-pulp.blogspot.com

A mudança de endereço é totalmente contra a minha vontade e por tristes motivos de ordem prática. Leia a explicação e alguns agradecimentos no antigo endereço, em http://hypervoid.weblogs.us/ e aproveite pra se despedir da velha casa. Basicamente eles estão fazendo mudanças intermináveis no servidor e não dá pra esperar mais. Na nova casa, os elfos finalmente vão dar as caras n’O Círculo de Ossos. Na velha casa, que me dá 100 Mb de espaço, algo interativo e cheio de imagens vai passar a funcionar, para aproveitar o vasto espaço do servidor (assim que eles consertarem os erros lá, o que deve levar um tempinho ainda. Coisa gratuita, né? Já viram).

Fim do mBlog

Galera, o mBlog morreu, levando com ele a página inicial lá do Hypervoid (aquele menu de links), o HyperPOP! e o McQueen.

Já arrumei um novo lugar pro McQueen aqui no Blogger mesmo (vejam no menu de links aí ao lado e visitem pra conferir o novo layout). Como a newsletter HyperPOP! já tinha acabado, a página dela não vai fazer falta. Mas a página com os textos do HyperPOP! também já está aqui no Blogger também.

Mas o problema é o Hypervoid, onde estão os contos em capítulos. O weblogs.us, onde ele está hospedado, continua no ar na boa, só que os caras tiveram a idéia “genial” de mexer nos acentos do servidor. Agora, todo mundo que posta em línguas que usam acentos (ou seja, quase todas as línguas do mundo com exceção do inglês) estão tendo problemas. peço que dêem um pulo lá e me digam como o Hypervoid está aparecendo pra vocês, se com acentos ou com símbolos escrotos espalhados pelo texto. Valeu, pessoal.

Hypervoid de volta

O Hypervoid já voltou ao normal, mas não graças aos caras do Weblogs. Tive que fuçar na Internet e achar uma linha de código (na verdade, uma meta-tag) que dá um jeito na diferença de linguagens que estava provocando a merda na acentuação e o aparecimento de caracteres chineses escrotos. Mas agora tá tudo normal.

Aproveitei pra “limpar” o velho Void, que agora está restrito aos contos apenas. O material velho, de quando o Hypervoid era um blog, foi limado do site. Eu tinha deixado como uma espécie de arquivo, mas tirei do ar por dois motivos. Primeiro, quanto maior um site em Movable Type, mais ele demooooooora pra ser atualizado. Com um total de quase mil posts, tava mais lento do que petista. Explico: pelo esquema do Movable Type, sempre que a mínima coisa é mudada ou adicionada, tem que se “reconstruir” o site inteiro. E, com mil posts, tava foda. Como ninguém mais tava interessado naquelas notícias velhas de dois anos atrás, foram pro saco. Claro, salvei tudo pra mim antes.

Segundo, blogs em MT com muitos posts atraem spams e babacas donos de sites pornôs, que enviam bots para colocar “comentários”-anúncios aleatórios. Tava um saco ter de abrir toda semana, deletar os spams, colocar os babacas na blacklist, etc. Com menos posts, o site chama menos atenção desses pregos.

Enfim, o Hypervoid continua lá (e agora com os acentos de volta!!) e totalmente voltado para os contos, os pulps seriados e os textos de ficção. Na semana que vem O Círculo de Ossos finalmente estréia por lá. Era pra ter começado essa semana, mas com caracteres chineses e um monte de sujeira tava impossível.

Bom, é isso. Novo Hypervoid, com a mesma cara e conteúdo de sempre. Vamos lá.

Vou aproveitar então pra reiterar qual é a dos sites da VoidNet (ah, ah) em geral:

Hypervoid: Pulp fiction em capítulos e contos de ficção.

HyperPOP!: Coluna (bem) esporádica sobre cultura pop, artigos, entrevistas e demais textos de não-ficção.

McQueen: MicroContos cyber-haiku.

Este Blog aqui: Quaisquer outras babaquices em textos curtos e meu “diário pessoal”.

Chip Totec: Meu projeto de música eletrônica, com MP3s pra download e streaming. Vão lá, porra.

Downloads: Banners, botões, coisas bonitinhas (ou não) em geral e minha magnífica e exclusiva tradução para o português do GTA 3. Aguardem pra breve a tradução do GTA Vice City, comemorando o futuro lançamento do GTA San Andreas.

Radiovoid: A Rádio Hypervoid, que andava fora do ar por babaquice do Yahoo americano e que agora arrumou uma nova e melhor casa (e sem anúncios, YES!!!!!!). Vão lá ouvir, porra, é de graça e tem todos os estilos mais legais: punk, jazz, samba, house, hardcore, hip hop, rock regressivo, pós-punk, techno, blues velho, country maluco, rock latino bizarro, velharia estranha, rockabilly, electro (clash ou não), bossa nova, pop descarado, hard rock farofa engraçado, EBM, rap, soul, funk (o verdadeiro, claro), japan pop, drum’n’bass, jungle indiano, música arabe, trilhas sonoras de filmes, música cubana, mambo, glitter, rock psicodélico, a parte que presta do rock progressivo, digital hardcore, a parte que se salva do indie rock, trip hop, mangue beat, breakbeat, big beat, ambient, illbient, noise, melodias bonitinhas, anúncios falsos, vinhetas estapafúrdias e bot-disc-jóqueis automáticos que falam umas bobeiras de vez em quando. E o melhor de tudo: nunca vai tocar merdas como trance, thrash metal, black metal, gothic rock moderno de viadinhos, punk-pop, country cafona, nu metal e essas babaquices.

Bom, é isso. Visitem aí a VoidNet que ela vai voltar a ser atualizada com frequência, principalmente o Hypervoid, o HyperPOP!, o McQueen e esse blog aqui (já que o resto não precisa tanto de atualizações). Mesmo assim, aguardem músicas novas e coisas pra download.

Cineminha.

Encontro da lista Hypervoid nessa sexta lá no Odeon, à meia-noite, pra ver 2001. Quem quiser aparecer, é só, bem, aparecer.

Problemas no Hypervoid

O Hypervoid tá com problemas de acentuação, graças a uma mudança que os caras fizeram no servidor. Basicamente, configuraram o treco para o charset UTF-8, o que está transformando as letras acentuadas de todos os blogs de manés que falam línguas com acentos (brasileiros, italianos, franceses, etc) em uma tralha pontuada por caracteres chineses e objetos estranhos.

Tá todo mundo esperando que os caras do Weblogs.us mudem isso ou achem uma saída. Se isso não rolar, vou ter que tirar os contos de lá, saco. Como todos os outros sites (McQueen, etc etc) estão em outros lugares, isso não me preocupa muito. Mas é um saco, porque os arquivos do velho blog estão todos lá.

Restart

O Hypervoid ficou dois meses parado, pois tive alguns problemas nesse período. Meu pai foi internado, com vários problemas, e faleceu no início deste mês. Mas as coisas aos poucos vão voltando aos seus estranhos lugares de sempre, graças ao apoio dos amigos e das ótimas mensagens que muitos de vocês me enviaram por e-mail ou postaram no blog. Obrigado a todo mundo pela força. Vocês foram ótimos.

Bom, mas em poucos dias a próxima história do Hypervoid irá ao ar, pois ela finalmente está me “chamando”: as cenas surgem do nada na minha cabeça e os personagens têm puxado uma cadeira para se apresentar. Enfim, O Círculo de Ossos estréia em poucos dias. Estou terminando o mapa do mundo onde se passa a série, o que está sendo legal de fazer. Enfim, os elfos prometem se comportar. Eles têm sido legais até agora.