O Papa é BOPE.

Re: protestos no Rio

Ainda tem gente caindo nesse conto da dualidade “manifestante pacífico” (ordeiro e positivista)/”mascarados” (ui)? Inacreditável. É só desligar a TV e a) ir para a rua; b) procurar vídeos na web. E c), que não faz mal: ler Hakim Bey. Não aguento mais essa bunda-molice dos repetidores da Globo.

É totalmente concatenado: PMs atacam os manifestantes, começando a confusão. Logo em seguida, eles se afastam e a Globo começa a transmitir ao vivo os seus tão desejados “vândalos”. Assim que a Globo termina a transmissão ao vivo, a polícia volta a atacar todo mundo. Uma quadrilha que envolve o governo, a polícia e a “grande” mídia. Uma mídia que, graças à Internet, fica menor e mais desnecessária a cada dia. Essa união de governo, PM e TV é totalmente ilegal.

Uma coisa que fica clara nisso tudo das manifestações é o vão enorme entre o novo e o velho. De um lado o rizoma, as zonas autônomas temporárias, a participação midiática, as redes sociais, a Mídia Ninja, a máscara do V/Guy Fawkes, etc; do outro, as TVs, os políticos, a esquerda e a direita assustadas com a falta dos tais ‘líderes’, os ruralistas, os evangélicos, a incompreensão político-teórica-sócio-tecnológica. Isso que dá um país se apoiar tantas e tantas décadas no mais puro atraso.

Bruce Lee diz: atiradeira e bola de gude são os gadgets do cavalheiro urbano moderno.

keep-calm-and-throw-a-molotov-3

When archery is performed in a state of “no-thought” (mushin), which means the absence of all ego consciousness, the archer is free from inhibitions as he puts an arrow into his bow, stretches the string, lets his eye rest on the target and, when the adjustment is correct, lets the arrow go. There is no feeling of good or bad, accomplishment or failure. This is the “everyday mind” arising from “no-mind,” and it is the essence of all the Zen martial arts to remain in this state, with no thought of life or death.

ANNE BANCROFT