Suicidas no topo

Parece que meu conto policial A Aventura do Penhasco dos Suicidas está em primeiro lugar na lista de best-sellers da Amazon BR, na categoria "antologias de mistério, thriller e suspense". Yay! 

http://www.amazon.com.br/gp/bestsellers/books/7872832011/

O conto também aparece em 23º lugar na categoria de Contos (Literatura em qualquer gênero) e em 44º lugar na categoria de Crime, Suspense e Mistério. Obrigado, claro, aos leitores.

 

amazon1


Posted on August 22, 2014 and filed under Literature.

Não seja um relógio de pulso

NÃO trabalho de graça. Por motivo algum. Seja em literatura, música, jornalismo, tradução, remoção de entulhos, ridicularização de facínoras (se bem que...). A exceção, claro, são as coisas que faço pessoalmente em meu próprio blog, em sites de amigos ou em esquema "do it yourself", visando algo maior mais para a frente, em uma estratégia pessoal. Mas se envolve terceiros e se esses terceiros estão ganhando grana, de forma alguma vou trabalhar de graça. Por isso nunca enviei submissions seja de texto, música ou o que quer que seja para diversos lugares que eu sei que "pagam em exemplares" ou "permitem que o autor compre mais barato" (nossa, que bom).

É enorme a quantidade de editoras, gravadoras, sites, veículos de imprensa, boates, festas e outros espertos que acham que o músico, o escritor, o DJ, o fotógrafo, o artista plástico, o designer, não deve ganhar xongas com o seu trabalho. "Ah, mas você vai ter uma ótima exposição do seu trabalho". Dane-se, sinceramente. Os seguranças da festa e os barmen sempre são pagos. A gráfica e a distribuidora sempre são pagos. O técnico de som do estúdio sempre é pago. O editor tira a sua parte. O dono de gravadora tira a sua parte. Então não me venham com essa de que o escritor/músico/whatever, que é justamente a figura sem a qual não existiria a porra do livro/disco/festa, deve ser o único a trabalhar de graça.

E tenho essa posição por vários motivos: a primeira é que quem trabalha de graça é relógio e mesmo assim ele ganha uma pilha ou corda. A segunda e principal é que trabalhar de graça envia vários sinais. Que seu trabalho não merece ser remunerado. Que você é um amador. Que o trabalho de seus colegas de atividade/arte não merece ser remunerado, por tabela. Que o mundo deve ser utilitarista, um parque de diversões controlado por sub-mecenas que dão esmolas invisíveis. Que seu esforço pessoal e dedicação em se aprimorar devem ser tratados da mesma forma que a casualidade do mero diletante.

Diga NÃO ao trabalho que não te paga. É melhor fazer você mesmo.

Posted on August 21, 2014 and filed under Literature.

O Que É Steampunk?

Estou na organização do evento O Que É Steampunk?, que acontece de hoje até o dia 23 de julho na Galeria Olido, em São Paulo. A mostra de filmes baseados neste subgênero literário contará ainda com debate, cosplay, exposição de objetos e venda de livros. Vejam as informações completas: 

O QUE É STEAMPUNK? 
01 a 23 de julho
Ingressos: R$ 1,00 (inteira) / R$ 0,50 (meia)
Livre

Influenciado pelos romances científicos do século XIX e trabalhos de Júlio Verne, H. G. Wells e Mary Shelley, o steampunk surgiu no final da década de 1980. Seu aparecimento está relacionado à obra dos norte-americanos William Gibson e Bruce Sterling, que transformaram a ficção científica ao incorporar a suas histórias temas subversivos e urbanos. O resultado desse processo deu origem ao subgênero conhecido como cyberpunk. Reunindo a esperteza das ruas típica do punk e a nascente cultura hacker, o cyberpunk influenciou filmes como Blade Runner e Robocop. Ao ser transposto para épocas passadas, como a era vitoriana, o cyber ganhou a alcunha de steampunk: um gênero que se distingue por imaginar como teria sido o passado se tecnologias atuais como o computador tivessem sido inventadas séculos atrás. 

Pegando carona na expansão desse fenômeno em São Paulo, o Cine Olido apresenta a mostra O que é steampunk?. Martin Scorsese, Terry Gilliam e Tim Burton são alguns dos cineastas que marcam presença na programação. 

No dia 19 de julho, às 17h00, o Cine Olido recebe para um bate-papo:
- FABIO FERNANDES - Doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP, traduziu clássicos como "Neuromancer" e "Laranja mecânica", e também é autor do romance "Dias de peste" (2009).
- LUIZ BRAS - Doutor em Letras pela USP, jornalista e escritor, autor do romance "Sozinho no Deserto Extremo" (2012).
- CÂNDIDO RUIZ - Editor do selo Taberna e fundador do Conselho Steampunk.
Mediação: Alexandre Mandarino - Jornalista, escritor e tradutor, editor da revista Hyperpulp.
Na ocasião, a EDITORA DRACO, especializada em publicações do gênero, estará expondo e sorteando seus livros. 
O CONSELHO STEAMPUNK também estará presente, com apresentações de cosplay e exposição de objetos customizados.

Realização: GALERIA OLIDO.

Produção: KLAXON
Consultoria, seleção de filmes e textos: ALEXANDRE MANDARINO
Arte digital: LEANDRA LAMBERT

PROGRAMAÇÃO

01.07 | TERÇA
15h00 A MÁQUINA DO TEMPO 
19h00 STEAMBOY 

02.07 | QUARTA 
15h00 A LENDA DO CAVALEIRO SEM CABEÇA 
17h00 CAPITÃO SKY E O MUNDO DE AMANHà

03.07 | QUINTA 
15h00 O CALHAMBEQUE MÁGICO 
18h00 ESSES HOMENS MARAVILHOSOS E SUAS MÁQUINAS VOADORAS

04.07 | SEXTA 
15h00 SWEENEY TODD – O BARBEIRO DEMONIÁCO DA RUA FLEET 
17h00 METROPOLIS (anime) 

05.07 | SÁBADO 
15h00 O ENIGMA DA PIRÂMIDE 
17h00 SHERLOCK HOLMES 
19h30 O GRANDE TRUQUE 

06.07 | DOMINGO 
15h00 HELLBOY 
17h30 HELLBOY II – O EXÉRCITO DOURADO 

08.07 | TERÇA 
15h00 O ENIGMA DA PIRÂMIDE 
19h00 VAN HELSING – O CAÇADOR DE MONSTROS 

09.07 | QUARTA 
15h00 METROPOLIS 

10.07 | QUINTA 
14h30 AS AVENTURAS DO BARÃO MUNCHAUSEN 
17h00 A INVENÇÃO DE HUGO CABRET 
19h30 A LENDA DO CAVALEIRO SEM CABEÇA 

11.07 | SEXTA 
15h00 A MÁQUINA DO TEMPO 
17h00 A LIGA EXTRAORDINÁRIA 

12.07 | SÁBADO 
14h00 A INVENÇÃO DE HUGO CABRET 
16h30 AS AVENTURAS DO BARÃO MUNCHAUSEN 
19h00 O MUNDO IMAGINÁRIO DO DR. PARNASSUS 

13.07 | DOMINGO 
15h00 CAPITÃO SKY E O MUNDO DE AMANHà
17h00 A LIGA EXTRAORDINÁRIA 

15.07 | TERÇA 
15h00 METROPOLIS (anime) 
19h00 SHERLOCK HOLMES

16.07 | QUARTA 
14h30 O MUNDO IMAGINÁRIO DO DR. PARNASSUS 
17h00 A VOLTA AO MUNDO EM 80 DIAS 

17.07 | QUINTA 
14h30 HELLBOY 
17h00 HELLBOY II – O EXÉRCITO DOURADO 
19h00 VAN HELSING – O CAÇADOR DE MONSTROS 

18.07 | SEXTA 
16h30 STEAMBOY 

19.07 | SÁBADO 
15h00 LADRÃO DE SONHOS 
17h00 BATE PAPO SOBRE STEAMPUNK
Debatedores: Fábio Fernandes, Luiz Brás e Cândido Ruiz. 
Mediação: Alexandre Mandarino 
19h00 FILME SURPRESA - raridade 
Ao longo do dia, apresentações de cosplay e objetos do Conselho Steampunk e venda de livros da Editora Draco, com sorteio de livros ao final do bate-papo. 

20.07 | DOMINGO 
15h00 A VOLTA AO MUNDO EM 80 DIAS 
17h00 VIAGEM AO CENTRO DA TERRA 

22.07 | TERÇA 
19h00 O GRANDE TRUQUE 

23.07 | QUARTA 
17h00 LADRÃO DE SONHOS 

FICHAS TÉCNICAS E SINOPSES

AS AVENTURAS DO BARÃO MUNCHAUSEN 
(The Adventures of Baron Munchausen, Grã-Bretanha-Itália, 1988, 126 min, DVD) Dir.: Terry Gilliam 
Um relato das intrigantes peripécias do Barão Munchausen e suas viagens pelos quatro cantos do mundo. Baseado nas narrativas exageradas do próprio Barão do século 18. 
| Dia 10.07, às 14h30 
| Dia 12.07, às 16h30
trailer: www.youtube.com/watch?v=O0p9W47frhI

O CALHAMBEQUE MÁGICO 
(Chitty Chitty Bang Bang, Grã-Bretanha, 1968, 145min, DVD) Dir.: Ken Hughes 
Um inventor obtém sucesso com seu carro voador, que corre o risco de ser roubado por um ditador estrangeiro. Baseado no livro de Ian Fleming, com roteiro do autor infantil Roald Dahl. 
| Dia 03.07, às 15h00 
trailer: www.youtube.com/watch?v=ftolP-1944A

CAPITÃO SKY E O MUNDO DE AMANHà
(Sky Captain and the World of Tomorrow, Estados Unidos-Grã-Bretanha-Itália, 2004, 106min, DVD) Dir.: Kerry Conran 
Depois que Nova York é atacada por robôs gigantes voadores, uma repórter e um piloto se unem para investigar o desaparecimento dos maiores cientistas da Terra. 
| Dia 02.07, às 17h 
| Dia 13.07, às 15h 
trailer: http://www.youtube.com/watch?v=11Mide2KXow

O ENIGMA DA PIRÂMIDE 
(Young Sherlock Holmes, Estados Unidos, 1985, 108 min, DVD) Dir.: Barry Levinson 
Quando várias pessoas começam a ter alucinações fatais, um Sherlock Holmes adolescente dá início a uma de suas primeiras investigações. Baseado no personagem de Sir Arthur Conan Doyle. 
| Dia 05.07, às 15h 
| Dia 08.07, às 15h 
trailer: http://www.youtube.com/watch?v=mLQ2wQpYtd4

ESSES HOMENS MARAVILHOSOS E SUAS MÁQUINAS VOADORAS 
(Those Magnificent Men in Their Flying Machines, Grã-Bretanha, 1965, 137min, DVD) Dir.: Ken Annakin 
Em 1910, pilotos de máquinas voadoras de todo o planeta competem em uma corrida promovida por um jornal inglês e enfrentam problemas como sabotagens e trapaças. 
| Dia 03.07, às 18h00 
trailer: http://www.youtube.com/watch?v=TO7-_fGqGTg

O GRANDE TRUQUE 
(The Prestige, Estados Unidos-Grã-Bretanha, 2006, 130min, DVD) Dir.: Christopher Nolan 
No final do século 19, dois mágicos dos palcos londrinos travam uma batalha por truques e segredos, sem se importar com quem possa sofrer com isso. 
| Dia 05.07, às 19h30 
| Dia 22.07, às 19h
trailer: http://www.youtube.com/watch?v=bJv4B_EJzpg

HELLBOY 
(Estados Unidos, 2004, 122min, DVD) Dir.: Guillermo Del Toro 
Um demônio conjurado pelos nazistas é criado por um cientista e se torna um campeão na luta contra as forças das trevas. Baseado no quadrinho criado por Mike Mignola. 
| Dia 06.07, às 15h 
| Dia 17.07, às 14h30
trailer: http://www.youtube.com/watch?v=kA9vtXbbhVs

HELLBOY II - O EXÉRCITO DOURADO 
(Hellboy II: The Golden Army, Alemanha-Estados Unidos, 2008 , 119 min, DVD) Dir.: Guillermo Del Toro 
Criaturas míticas começam uma rebelião contra a humanidade e um grupo com poderes paranormais deve combatê-las. Baseado no quadrinho criado por Mike Mignola. 
| Dia 06.07, às 17h30 
| Dia 17.07, às 17h 
trailer: http://www.youtube.com/watch?v=pa-iiKJ1QHI

A INVENÇÃO DE HUGO CABRET 
(Hugo, Estados Unidos, 2011, 126min, DVD) Dir.: Martin Scorsese 
Na Paris da década de 30, um órfão que vive entre as paredes de uma estação de trem encontra um mistério que envolve seu falecido pai e um autômato. 
| Dia 10.07, às 17h 
| Dia 12.07, às 14h
trailer: http://www.youtube.com/watch?v=qjSNBP4P9RU

LADRÃO DE SONHOS 
(La Cité des enfants perdus, Alemanha/Espanha/França, 1994, 112min, DVD) Dir.: Jean-Pierre Jeunet e Marc Caro 
Em uma cidade surrealista, um cientista rapta crianças para roubar seus sonhos, em uma tentativa de retardar seu próprio envelhecimento. 
| Dia 19.07, às 15h 
| Dia 23.07, às 17h 
trailer: http://www.youtube.com/watch?v=H5GxLFdUC6g

A LENDA DO CAVALEIRO SEM CABEÇA 
(Sleepy Hollow, Alemanha/Estados Unidos, 1999, 105min, DVD) Dir.: Tim Burton 
Ichabod Crane é enviado para a cidadezinha de Sleepy Hollow para investigar estranhas mortes por decapitações. Baseado no conto de Washington Irving. 
| Dia 02.07, às 15h 
| Dia 10.07, às 19h30
trailer: http://www.youtube.com/watch?v=u6u_hQs74HY

A LIGA EXTRAORDINÁRIA 
(The League of Extraordinary Gentlemen, Alemanha-Estados Unidos-Grã-Bretanha-Republica Tcheca, 2003, 110 min, DVD) Dir.: Stephen Norrington 
Na era vitoriana, Allan Quartermain, Nemo, Mina Harker, Tom Sawyer, Dorian Gray e Dr. Jekyll se unem para enfrentar uma estranha ameaça. Baseado nos quadrinhos de Alan Moore e Kevin O'Neill. 
| Dia 11.07, às 17h 
| Dia 13.07, às 17h 
trailer: http://www.youtube.com/watch?v=qfdux5WPX2c

A MÁQUINA DO TEMPO 
(The Time Machine, Estados Unidos, 1960, 103min, DVD) Dir.: George Pal 
Um inglês da era vitoriana viaja para o futuro para descobrir que a humanidade se dividiu em duas espécies hostis. Baseado no romance de H.G. Wells. 
| Dia 01.07, às 15h 
| Dia 11.07, às 15h 
trailer: http://www.youtube.com/watch?v=AKP-WkcDT5s

METROPOLIS 
(Metropolis, Alemanha, 1927, 153min) Dir.: Fritz Lang 
Em uma cidade futurista dividida entre a classe operária e os urbanistas, um filho da classe alta se apaixona por uma mulher que profetisa a vinda de um salvador. 
| Dia 09.07, às 15h 
trailer: http://www.youtube.com/watch?v=ZSExdX0tds4

METROPOLIS (Metoroporisu, Japão, 2001, 108min, DVD) Dir.: Rintaro
Kenichi e seu tio devem desvendar o mistério por trás da garota robótica Tima. Livremente baseado no filme Metropolis, de Fritz Lang. 
| Dia 04.07, às 17h 
| Dia 15.07, às 15h 
trailer: http://www.youtube.com/watch?v=JY0C_xuTZrQ

O MUNDO IMAGINÁRIO DO DR. PARNASSUS 
(The Imaginarium of Doctor Parnassus, Canadá-França-Grã-Bretanha, 2009, 122min, DVD) Dir.: Terry Gilliam 
Uma companhia teatral itinerante proporciona ao seu público muito mais do que o esperado: uma viagem ao Imaginarium, um mundo fictício criado pela mente do Dr. Parnassus. 
| Dia 12.07, às 19h 
| Dia 16.07, às 14h30
trailer: http://www.youtube.com/watch?v=eOL-wZSCn_g

SHERLOCK HOLMES 
(Alemanha-Estados Unidos, 2009, 128min, DVD). Dir.: Guy Ritchie 
O detetive Sherlock Holmes e seu assistente Watson se envolvem em uma teia de intrigas que ameaça o futuro de toda a Inglaterra. Baseado no personagem criado por Sir Arthur Conan Doyle. 
| Dia 05.07, às 17h 
| Dia 15.07, às 19h
trailer: http://www.youtube.com/watch?v=I0hXhGt5XPg

STEAMBOY (Suchîmubôi, Japão, 2004, 126min, DVD) Dir.: Katsuhiro Ôtomo
Na Inglaterra dos anos 1860, um menino inventor se vê no meio de um conflito por uma técnica revolucionária de energia a vapor. 
| Dia 01.07, às 19h 
| Dia 18.07, às 16h30 
trailer: http://www.youtube.com/watch?v=bI7-bx8QqZ8

SWEENEY TODD - O BARBEIRO DEMONIÁCO DA RUA FLEET 
(Sweeney Todd: The Demon Barber of Fleet Street, Estados Unidos-Grã-Bretanha, 2007, 116min, DVD) Dir.: Tim Burton 
A infame história de Benjamin Barker, vulgo Sweeney Todd, que criou uma barbearia em Londres com propósitos sinistros. Baseado no musical da Broadway e no personagem dos penny dreadful. 
| Dia 04.07, às 15h 
trailer: http://www.youtube.com/watch?v=3h8raqaF5d0

VAN HELSING – O CAÇADOR DE MONSTROS 
(Van Helsing, Estados Unidos, Republica Tcheca, 2004, 131min, DVD) Dir.: Stephen Sommers 
O caçador de monstros é enviado à Transilvânia para impedir que Drácula use as pesquisas do Dr. Frankenstein. Livremente baseado nos personagens criados por Bram Stoker e Mary Shelley. 
| Dia 08.07, às 19h 
| Dia 17.07, às 19h 
trailer: http://www.youtube.com/watch?v=bX1x9Ktj2B4

VIAGEM AO CENTRO DA TERRA 
(Journey to the Center of the Earth, Estados Unidos, 1959, 134min, DVD) Dir.: Henry Levin 
Um professor escocês e seus colegas seguem a trilha de um explorador por um vulcão extinto na Islândia até o centro da Terra. Baseado no livro de Jules Verne. 
| Dia 20.07, às 17h 
trailer: http://www.youtube.com/watch?v=WF8Bf1d_crk

A VOLTA AO MUNDO EM 80 DIAS 
(Around the World in Eighty Days, Estados Unidos, 1956, 113min, DVD) Dir.: Michael Anderson 
Um inglês vitoriano aposta que com as novas tecnologias a vapor ele conseguirá bater o recorde da volta ao mundo. Baseado no livro de Jules Verne. 
| Dia 16.07, às 17h 
| Dia 20.07, às 15h
trailer: http://www.youtube.com/watch?v=fEqkeNTLrcM

Posted on July 1, 2014 and filed under Art, Films, Literature.

Rato do mangue

Mais uma boa e positiva resenha do Rei Rato, de China Miéville, que traduzi em 2011 para a Tarja. Diogo Besson acerta em cheio: se fosse brasileiro não seria jungle, mas Manguetown. Adoro manguebit (ou manguebeat?), boa comparação.

"É também cheio de musicalidade, com referências ao Jungle e Drum'n'Bass, e possui descrições tão detalhadas da sonoridade que com alguma concentração você quase até consegue ouvir o som saindo das páginas."

Posted on April 11, 2014 and filed under Literature.

Entitled

Uma palavra que define bem o brasileiro não é uma palavra em português: "entitled". Sem correlato na nossa língua. Significa a pessoa que "se acha no direito de" ou, como bem sabem os certos, "se acha". Não haver sinônimo por aqui é curioso. Reza o clichê que os esquimós teriam diversas palavras para "neve", o que é compreensível: o ser humano tem essa tendência esquisita de dar nomes às coisas e coisas muito comuns e abundantes ganham vários nomes. A diferença é que o esquimó, obviamente, tem consciência da neve. O brasileiro não tem consciência de seu "entitlement". Daí a ausência de uma denominação para esse comportamento em português.

A turma que "se acha" é enorme, variada. Tem gente que se acha no direito de andar em fila na calçada, esbarrando nas pessoas; de avançar sinal vermelho e acelerar na direção do pedestre; de humilhar mulheres que passam; de roubar dinheiro público; de ocupar espaço público; e de todos os outros males que conhecemos tão bem e reconhecemos tão pouco.
O direito alheio, por outro lado, nunca é reconhecido. O direito de espaço público, porque ainda "se acha" por aqui que o "público" é uma espécie de privado coletivo. O direito à tristeza, à introversão, à diferença, a não gostar de culturas eternamente "de raiz", de futebol, de carnaval. O direito de ser diferente, minimamente que seja.

"Entitled" se traduz, não corretamente e nem diretamente, por arrogância, afronta, complexo de inferioridade mal metamorfoseado em complexo de superioridade. Outros povos e culturas têm seus valores calcados na educação, no respeito mínimo ao próximo (nem que seja sustentado por leis e multas), no respeito ao espaço alheio, às opções plurais, ao outro. Nossa colonização nos legou o avesso disso tudo. Principalmente no Rio, que sofre por já ter sido capital do império e da república e continua sofrendo por ser nossa capital midiática, é bem visível um comportamento de "entitlement". Porque o respeito e a educação não são a base da sociedade, mas sim a hierarquia monárquica, aristocrática. Em uma sociedade em que as pessoas têm mais direitos dependendo de quem elas são ou conhecem, o rumo natural das coisas é que todos passem a fingir que são ou conhecem "alguém". Todos os rios aristocráticos de bananas deságuam no "entitlement".

O outro efeito colateral da nossa colonização sui generis é a inação. Há o direito de avançar sinal e ouvir música ruim berrando em carros estacionados nas calçadas de madrugada, mas direitos básicos como os de reclamar e protestar não são reconhecidos. Afinal, quem reclama só reclama porque não "é" nem conhece "alguém", então com isso demonstra sua posição de fraqueza na gangorra, que - claro - por essa lógica da entitlezação (calma, xenófobos) não pode e nem deve ser respeitada. Vem daí também nosso apreço pelos militares, figuras que nesse imaginário órfão de uma monarquia corrupta preenche as lacunas deixadas com seu anormal apreço pela hierarquia, pelo vinco nas calças e pelas árvores pintadas de branco. No mundo militar, quem você é e conhece está estampado no seu peito.

O pior dos efeitos colaterais é o que condiciona o valor do que você faz a todos esses fatores. Não importa se sua banda/livro/festa/filme/tese é boa, importa se seu sobrenome é Silva ou Guinle ou se você mora em Nova Iguaçu ou na Gávea. Distorções espaço-temporais estranhamente preservadas e cultivadas pelos setores supostamente "alternativos" da cultura carioca. Ironicamente, em uma terra onde todos acham que têm todos os direitos possíveis, ninguém tem direito algum. Como comprovam as notícias diárias - há décadas. Há séculos. Na terra do "entitlement" irreconhecido, o que acaba prevalecendo é o nada.

Posted on April 4, 2014 and filed under Rant.