Coisas da Semana

Quadrinhos da semana: Skreemer, de Peter Milligan, Brett Ewins e Steve Dillon. Minissérie em seis números, ganhadora de vários prêmios. Peter Milligan e Brett Ewins já haviam criado a ótima série Johnny Nemo (que saiu aqui na revista Animal) e aqui ganham o reforço do então iniciante Steve Dillon (Hellblazer, Justiceiro). Skreemer é uma mistura de Martin Scorsese, Mad Max e Alex Cox.
Filme da semana: Gosford Park, de Robert Altman. A verdade por trás das ambientações de Agatha Christie.
Livro da semana: O Misterioso Caso de Styles, de Agatha Christie. A estréia de Hercule Poirot e suas pequeninas células cinzentas neste clássico pulp-aristocrata de 1921.
Música da semana: I Can’t Get You Out Of My Head, de Kylie Minogue. Sim, é delicioso. Parece o melhor tecnopop de 1983.
Site da semana: Esta página sobre o mistério da igreja de Rennes-le-Chateau.
CD da semana: Public Enemy, It Takes a Nation of Millions to Hold Us Back. O clássico do rap de 1988 ainda é um dos melhores discos de todos os tempos. Como o hip hop desaprendeu em uma década e meia. Bass, how low can you go?.
Game da semana: Driver, da Infogrames. Reinstalei só para passear por San Francisco á noite, fugindo da polícia.
Acontecimento da semana: Ônibus queimados, veículos metralhados, pessoas incendiadas. O pior da semana foi a abertura para este nosso alegre carnaval. Tanques nas ruas ao lado dos palhaços (em mais de um sentido). Esse ano, nós vamos brincar separados.

A tragédia
pessoal
de Veto Skreemer:
Image hosted by Photobucket.com

Saturday, March 1, 2003 at 11:51 AM

Freedom is a road
seldom travelled by
the multitude:

Image hosted by Photobucket.com

RPG Net

Uma coisa que sempre me surpreende é o caráter RPG da Internet. É incrível como aqui você encontra pessoas que entendem de tudo, sempre falam em tom “esperto” ou vociferando e fazem questão de ser grossas. Por mim tudo bem, mas isso é inacreditavelmente engraçado. Eu até imagino a cena: o cara chega em casa, põe o lixo pra fora, pensa em seu emprego cretino, assiste um pouco de Big Brother e aí se senta em frente ao PC para descarregar as frustrações profissionais, sociais, sexuais, familiares, o que seja. O mais divertido é que, ao contrário do que eles pensam, é muito fácil separar o joio do trigo. É tarefa de crianças distinguir quem sabe e conhece alguma coisa de quem tem apenas uma vida miserável. Todas as pessoas que eu conheci pessoalmente e que eram fanfarronas na Internet me deram pena na vida real.

Cybercafe no Everest

O neto de um nepalês que participou da primeira expedição a escalar o Monte Everest – 50 anos atrás – planeja abrir o mais alto cybercafé do mundo em uma base daquele monte. Tsering Gyaltsen, cujo avô, Gyaltsen Sherpa, estava no grupo que, em 1953, ajudou Sir Edmund Hillary e Tenzing Norgay a escalar os 8.700 metros do Everest, espera abrir o cybercafé no mês que vem, para lucrar com a onda de visitantes atraídos pelo aniversário de 50 anos da primeira escalada. O café ficará a uma altura de 5.200 metros, em uma base por onde passam milhares de trekkers e alpinistas anualmente. O lucro do café será revertido para um projeto de limpeza do Everest (todos os anos, os mesmos trekkers e montanhistas manés deixam para trás milhares de toneladas de lixo).
O Nepal tem oito das 14 montanhas mais altas do mundo. As dezenas de milhares de turistas estrangeiros que as montanhas atraem anualmente são uma das principais fontes de renda desta que é uma das nações mais pobres do planeta.
O nepalês Dipamkara é considerado o primeiro sucessor do Buda original. É uma das figuras mais populares do país. Seu nome significa “aquele que acende as luzes”.
Vajrasattva é o terceiro Dhyani-Buda do Nepal, a quem a parte final da noite é dedicada. Sua cor é branca e seus pertences são um relâmpago (vajra) e um relógio.
O Yeti é o Abominável Homem das Neves, que é visto no Himalaia desde 1951.

Armagedom

Pelos cálculos do mais famoso cientista britânico, Isaac Newton, o armagedom ainda está 57 anos à frente da nossa época. A notícia foi publicada pelo Daily Telegraph neste sábado. Sir Isaac Newton, teólogo e cientista do esquisitíssimo século XVII, escreveu milhares de páginas em uma tentativa de decifrar a Bíblia e apontar a data exata do apocalipse. “Mas até agora não sabemos se ele foi capaz de apontar uma data final”, disse Malcolm Neaum, que produziu para a BBC o documentário Newton: The Dark Heretic. “O que foi descoberto nos últimos 10 anos é como Newton se preocupava com o apocalipse: ele gastou cerca de 50 anos e escreveu 4.500 páginas tentando predizer quando chegaria o fim do mundo”.
Os manuscritos de Newton sobre o ragnarok foram descobertos por pesquisadores em uma biblioteca em Jerusalém, após terem sido vendidos em Londres para um colecionador (Abraham Yahuda) nos anos 30 do século XX. Newton, que morreu em 1727, é mais conhecido por ter descoberto a gravidade – supostamente quando uma maçã se espatifou sobre sua complicada cabeça.
Bom, a física quântica provou que o mundo é bem menos newtoniano do que se pensava. Se isso adianta ou atrasa o Crepúsculo dos Deuses, depende de você.

Vacina Falha

O primeiro teste de uma vacina contra AIDS em humanos falhou em prevenir a infecção por HIV nos voluntários brancos e hispânicos, mas pode ter protegido os negros e asiáticos, disse ontem os produtores da vacina, os laboratórios VaxGen. Os esperadíssimos resultados dos testes da AIDSVAX foram apresentados nesta segunda-feira. A vacina reduziu em apenas 3,8% os níveis de infecção dos 5 mil voluntários norte-americanos e holandeses que participaram dos testes. “Genericamente falando, parece que os testes falharam”, disse o presidente da VaxGen, Dr. Donald Francis. “Temos boas e más notícias. As más são que, em geral, não temos eficácia, especialmente entre as populações branca e hispânica. Mas em 500 pessoas os testes demonstraram clara eficácia. O desafio aqui é saber se isso não é apenas um desvio estatístico”.
Outro desafio para a VaxGen é realizar testes adicionais: a companhia já gastou, até dezembro de 2002, mais de 18 milhões de dólares com os testes. Como havia apenas 498 negros e asiáticos entre os voluntários, é difícil interpretar os números finais.
O vírus da AIDS já matou mais de 28 milhões de pessoas em todo o mundo.

Salman Rushdie

A linha dura da elite iraniana renovou o desejo de matar Salman Rushdie, escritor que o Irã condenou à morte 14 anos atrás, por ter supostamente “insultado” o Islã no livro Versos Satânicos. A Guarda Revolucionária do Irã – principal força de ataque do país – disse em um comunicado que a fatwa (edital islâmico) instituída pelo falecido Aiatolá Khomeini é “irrevogável”. O Aiatolá Hassan Saneii, chefe da organização semi-governamental Khordad, também subiu de 2,8 para 3 milhões de dólares o prêmio pela cabeça de Rushdie, que atualmente vive em local ignorado (provavelmente Inglaterra). As informações são da agência oficial de notícias do Irã e foram divulgadas na sexta-feira.
Quanto mais a gente corre para o Escaton, mais a Idade Média morde os nossos calcanhares.

Mídia Tática Brasil

Guerrilheiros da WWW, hackers e street artists se encontrarão em março em São Paulo no Mídia Tática Brasil. O evento reunirá hacktivistas, designers, escritores, bloggers, DJs e outros sujeitos. O evento de abertura contará com a participação de John`Perry Barlow, fundador do EFF (Electronic Frontier Foundation) e antigo colaborador da Wired. Mas outras figuras estão confirmadas, como Richard Barbrook. Ele é o criador do mestrado em Hipermídia na Universidade de Westminster, em Londres e aborda temas controvertidos como o cybercomunismo e a oposição à ideologia californiana. Em São Paulo ele dará uma palestra sobre a Gift Economy (Economia de Presentes), conceito que, de acordo com ele, foi incorporado pela Internet, onde produtos freeware e open source acabam remunerando indiretamente o autor, ao mesmo tempo que trazem benefícios para quem os utiliza. Algo parecido com a “generosidade” proposta pelo escritor cyberpunk Bruce Sterling em seu Movimento Viridiano.
O evento contará ainda com a participação dos editores da revista Global, lançada no último Fórum Social Mundial, em Porto Alegre, e com diversos workshops e apresentações de música eletrônica. O site do evento fica aqui e irá ao ar hoje, dia 26.
Confira a programação até agora:

07/03 – PRÉ-EVENTO – SESC PAULISTA – 17h – Tema : Perspectivas de inclusão digital e política participativa. Comunidades em Rede e Inclusão Digital.
Moderador: Gilberto Gil – Ministro da Cultura (argh; certeza de que alguém vai falar muito e merda e não vai dizer nada). Participantes: John Perry Barlow/EFF, Richard Barbrook/Gift Economy, Beá Tibiriçá/Telecentros, Ricardo Rosas/Mídia Tática.

13/03 a 16/03 – Ocupação da Casa das Rosas: mostra permanente. TÉRREO: A Revolução Não Será Televisionada, Bijari, Banda Paralela, Anomia-CE, Nomads. PISO 1: Indymedia Brasil, Revista Ocas, Latuff-RJ, A Cria, Formigueiro, Rejeitados-BA, Memelab/Projeto Metáfora, Eca/TV USP, Telecentros. PORÃO: sala de vídeos (programação ainda não definida – curadoria Graziela Kunsch e Daniel Lima).

13/03 – Mídia como tática de resistência no Brasil.
FUNDAÇÃO JAPÃO – 13h – WORKSHOP – seja um vietcongue midiático /Latuff
FUNDAÇÃO JAPÃO – 16h – Mesa Redonda – Temas> Mídia e Brasil – Participação: Representante da revista Ocas, José Chrispiniano, Rogério Campos (Conrad Editora), José Arbex Jr. (Brasil de Fato), Hernani Dimantas (Buzzine.tk), Tatiana Roque.
SESC PAULISTA – 18h – Conferência: Política das multidões: ação local e global – Participantes: Peter Pál Pebart e Giuseppe Cocco (Revista Global), Gilson Schwartz
SESC PAULISTA – 20h – Palestra: Derek Holzer/N5M Desvendando a Mídia Tática
CASA DAS ROSAS – 19h – Manufactura Suspeita/Teatro Situacionista

14/03 – Arte como tática.
FUNDAÇÃO JAPÃO – 13h – Conferência: Rejeitados – Graziela Kunsch
FUNDAÇÃO JAPÃO – 15h – Temas > Intervenções e contra-hegemonia cultural – Moderador: Lucas Bambozzi. Participação: Artur Lara, Jo Takahashi, Bijari, A Revolução Não Será televisionada, Brócolis
CASA DAS ROSAS – 16h – WORKSHOP: Manufactura Suspeita/Teatro Situacionista – psicogeografia
FUNDAÇÃO JAPÃO – 17h – Conferência: Resistências Artísticas. Participação: Fábio Duarte, Nomads, Suely Rolnick
CASA DAS ROSAS – 19h – Paisagens rasgadas/Angela Nagai

15/03 – Net Ativismo e inclusão digital.
CASA DAS ROSAS 13 às 20h – Pocket Shows/LS Discos
CASA DAS ROSAS 13 às 20h – Workshop: webrádio e rádio livre/CMI
CASA DAS ROSAS 14h30 – concentração: Batukação
SESC PAULISTA – 15h – Temas > ciberativismo: copyleft, hackivismo, inclusão digital. Moderador: Marcelo Estraviz. Participação: Artur Matuck, Indymedia Brasil, Metáfora, Rizoma, André Lemos (a confirmar), Gilson Schwartz
SESC PAULISTA – 18h – Palestra: Franco Berardi Bifo (Luther Blisset) (a confirmar)
SESC PAULISTA – 20h – Palestra: Fran Illich/Borderhack

16/03 – Som pós-mídia: Rádio Ativismo e Produção Musical Independente.
CASA DAS ROSAS 13h às 20h – Festa de encerramento: Interfusion/Coletivo de DJs ZL
CASA DAS ROSAS 15h30 – Concentração: Bicicletadas
SESC PAULISTA – 15h – Conferência: Música pós-eletrônica: crise do mercado como oportunidade para o indivíduo. Participação: Alexandre Matias, Hermano Viana, Hemerson Gasperin
SESC PAULISTA – 17h – Mesa Redonda. Temas: Rádios Comunitárias, Copyleft, Música Eletrônica. Moderador: Alexandre Matias. Participação: Rádio Muda, LS Discos, Hermano Viana, André Galperin/Revista ZERO, Carlos Farinha/Bizarre
SESC PAULISTA – 19h – Palestra: Richard Barbrook/Gift Economy

Mas as coisas devem mudar. Confira a programação definitiva no site oficial.
Ah, e muita gente caô aí no meio. Não acredite em tudo que lhe disserem. Procure saber o que faz quem está falando. E como faz.

Coisas da Semana

Quadrinhos da semana: Os Invisíveis 1 a 8, de Grant Morrison, Steve Yeowell e Jill Thompson (editora Brainstore). Meu quadrinho favorito, em sua edição nacional. Todos devem ler e descobrir porque Os Invisíveis é o melhor quadrinho já publicado.
Filme da semana: O Chamado (Ring), de Gore Verbinski. O filme mais assustador que eu já vi nos últimos anos. Com a maravilhosa Naomi Watts, de Mulholland Drive.
Livro da semana: Histórias Extraordinárias, de Edgar Allan Poe. Um dos primeiros livros “sérios” que li na vida. Destaque para os contos A Queda da Casa de Usher, O Barril de Amontillado, Nunca Aposte Sua Cabeça Com o Diabo e Uma Descida no Maëlstrom.
Música da semana: Party Girl, da Ultra Naté. Fantástica house de meados dos anos 90, com a igualmente fantástica Ultra Naté.
Site da semana: Encyclopedia Mythica. A melhor referência na WWW sobre mitologia. Centenas e centenas de verbetes sobre mitologia grega, nórdica, hindu, etc.
CD da semana: Dewdrops in the Garden, do Deee-Lite. O tempo passa e esse disco fica cada vez melhor.
Game da semana: The Sims – Fazendo a Festa. Nada melhor do que controlar pessoas feitas de pixels.
Acontecimento da semana: As passeatas pela paz ao redor do mundo, tentando atrasar a contagem regressiva para o Def Con One.

Naomi Watts olha para a morte certa:Image hosted by Photobucket.com

Friday, February 21, 2003 at 11:44 AM

Esta página é sempre dedicada ao removedor de obstáculos.

Ganesh

Image hosted by Photobucket.com