Pequenas mudanças e viagens

Continuo enxugando e tentando aprimorar o Hypervoid e, por mais que o ritmo de atualizações tenha diminuído – principalmente em função do tempo tomado pelo trabalho -, os sites estão longe de estar abandonados. Algumas reduções aconteceram essa semana: o blog Arcadia, voltado para games, foi extinto e os posts sobre games continuarão a ser publicados aqui no Hypervoid. A idéia do Arcadia era manter um blog sério e crítico sobre games eletrônicos, nos moldes de sites como o GameCritics e o Joystick 101, mas era mais um blog para manter e quem tem tempo de manter mais de um ou dois hoje em dia? O Arcadia tinha ainda um objetivo pessoal, que era o de me ajudar a concatenar e fabricar idéias para meu projeto de mestrado sobre games, mas isso também passará a ser feito aqui no Hypervoid, na categoria games. Além dos games, claro, o Hyper continuará falando de cultura pop, principalmente música, quadrinhos, design e cinema, mas o approach será diferente (como, aliás, já vem acontecendo há alguns meses aqui). Ao invés de várias atualizações diárias com notícias e links, como nos primeiros tempos do blog, há uns bons cinco anos atrás (!), o site terá menos updates, mas com textos maiores. A quantidade de blogs explodiu e não há mais sentido em direcionar um site mantido por apenas uma pessoa para a área de notícias, não quando existem vários blogs de empresas de mídia, com equipes inteiras, realizando este serviço. A idéia continuará sendo falar de artefatos pop, mas não para trazer notícias e sim, na maior parte das vezes, para tentar realizar um debate crítico e, claro, particular, sobre estes temas.

 

Textos de ficção continuarão sendo postados no Hyperpulp, que agora também tem domínio próprio; atualizem seus bookmarks. O pulp está parado há muito tempo ], mas isso não significa que não tenho escrito mais. Muito pelo contrário: a paralização do site e o aparentemente eterno atraso do conto O Círculo de Ossos se devem ao fato de que estou escrevendo coisas que não serão postadas online, como meu primeiro romance. Torçam aí por mim. Mas novos contos aparecerão lá o quanto antes e, claro, os anteriores continuam no ar: falem para seus amigos que ainda não os leram (eh, eh).

 

McQueen, com microcontos calcados em imagens pop, continua sendo atualizado e acaba de ganhar uma parceira: McGraw, onde estou colocando minhas fotos (paralelamente ao Flickr).

 

Finalmente, o quinto site é o do Chip Totec, meu projeto de música que vem sendo produzido desde 1998 e que também ganhou domínio próprio. Duas novas músicas estão prontas e há a possibilidade de que uma delas saia em uma compilação por uma gravadora independente. Mais detalhes assim que algo concreto estiver confirmado. A banda também ganhou já há algum tempo o selinho de qualidade e aprovação do site Trama Virtual e está tendo suas músicas veiculadas nas estações de rádio do ótimo Last.FM. Além disso, fiz um upgrade no equipamento da banda (hardware e software, incluindo coisas legais como o programinha Torq, da M-Audio, um teclado Axiom 25 e uma interface de áudio/scrathing Conectiv; pelo setup já deu pra perceber que a idéia é voltar a fazer algo mais orientado para o hip hop instrumental e menos para o house/electro de até então). A idéia é preparar um novo live P.A. o quanto antes.

 

Enfim, os cinco sites continuam. Atualizações podem demorar, mas serão mais significativas do que apenas um amontoado de notinhas e links externos (nada contra, claro, mas já cumpriram sua função e estamos em outros tempos). A aparente paralização do Hypervoid e dos demais sites foi apenas uma impressão: continuo produzindo aqui no “mundo real”, muita coisa que ainda não encontrou a hora certa de ser divulgada online. Junte a isso o tempo tomado pelo trabalho no INPI e uma ausência voluntária e extremamente feliz dos sites “sociais” (ah) da web, que só tomam seu tempo (sim, estou parcialmente elton johneando).

 

Dito isso, volto a imergir em um período curto sem atualizações: estou saindo de férias amanhã e partindo para Buenos Aires, o que vai gerar uma nova seção aqui e no site de fotos, o McGraw: um travelogue. Não vejo a hora de testar minha linda Holga!

Posted in Pessoal and tagged .

Alex Mandarino

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *