Quadrinhos da Semana (29/09) – Parte 5

JOE R. LANSDALE’S BY BIZARRE HANDS 4
Avatar Press
Texto: Neal Barrett Jr. (a partir do conto original de Joe R. Lansdale)
Desenhos: Dheeraj Verma

Joe R. Lansdale é o ótimo autor de horror, que também escreveu as excelentes minisséries de Jonah Hex para a Vertigo. Uma pena que aqui, ao que parece, ele só conste do logotipo da revista. A Avatar adora colocar os nomes dos autores seguidos de um apóstrofo, antes do nome das suas séries, para dar legitimidade e chamar a atenção no mercado de quadrinjos americano. Compreensível, mas é uma pena aue Lansdale não tenha escrito ele mesmo esta adaptação. Neal Barrett Jr. não teve, digamos, tanto trabalho assim, Ele parece ter selecionado trechos ipsis literis do conto original de Lansdale e colado em recordatórios. A partir daí, o – HORRENDO – desenhista Dheeraj Verma fez a sua cagad…, quer dizer, a sua arte. Diabos, Barrett sequer se deu ao trabalho de criar diálogos pra coisa toda, com uma ou outra pobre exceção. O resultado é, simplesmente, chatíssimo. Parece algo saído de um fanfic hippie de horror dos anos 60, onde os textos e situações são jogados aleatoriamente. Enfim, é a última edição que consigo ler e resenhar dessa minisssérie. Passo.
Fuja Dessa Merda (0,5 / 10)

VAMPI: VICIOUS CIRCLE 3
Anarchy Comics / Harris
Texto: B. Clay Moore
Desenhos: Gabriel Rearte e Dub & Pierre-Andre Dey.

Totais desconhecidos e a Vampi nada mais é que uma versão meio cyber-falcatrua da clássica personagem Vampirella. Mas é bem mais legível e divertido do que eu pensei. Não sei se foi o alívio de ter lido isso após Tomb Raider e By Bizarre Hands, mas me pareceu legal. Nada demais, mas tem sentido, os desenhos são bem razoáveis (o primeiro cara, Gabriel Rearte, que desenha a primeira metade, tem um estilo interessante, meio cartum; os caras que fazem a outra metade são sub-Jim Lees (até quando?), mas ao menos não são totalmente horrendos e parecem estar honestamente tentando sair desse estilo. A história tem até um final meio “subversivo”, com as pessoas se recusando a enxergar a liberdade de escolha que foi posta á frente delas e insistindo a recair no erro da escravidão liberal auto-imposta. Enfim, tá bom pra uma diversão cyber-vampiresca de segunda. Um autor mais pop e brilhante aqui e esta serie teria muito a oferecer.
Só Para Fãs (5,5 / 10)

Posted in Quadrinhos and tagged .

Alex Mandarino

2 Comments

  1. Esa Vampi não é a baronesa Vampi Rocada, de quadrinhos terroróticos que pintaram no Brasil nos 80as, é? Junto com outros personagens como o Conde Dinho, Frígida, Zarro etc. É essa?Posted by Anônimo Veneziano at 9:30 Wednesday November 6, 2004

  2. Ah, ah, não, essa é outra ; ))A Vampi é uma versão futurista da Vampirella, aquela vampira da extinta reviosta Krypta. O concenito é legalzinho, poderia ficar ótimo nas mãos de caras mais competentes.Posted by Alexandre Mandarino at 18:50 Thursday November 7, 2004

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *