Breton GTA

“O ato surrealista mais simples consiste em sair à rua empunhando revólveres e atirar a esmo, tanto quanto for possível, contra a multidão. Quem jamais teve ganas de assim liqüidar com o sistemazinho de aviltamento e cretinização em vigor tem um lugar marcado no meio dessa multidão, com o ventre à altura de um cano de revólver.”
André Breton, em trecho do Segundo Manifesto do Surrealismo.

O que me lembra de duas coisas: joguem GTA 3 (e mandem bala na multidão de cretinos nas ruas de uma forma segura) e visitem o fantástico blog O Franco Atirador, do meu amigo Lúcio Manfredi.

Posted in Literatura and tagged .

Alex Mandarino

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *