Morre Wilson Vianna

O ator Wilson Vianna morreu, aos 75 anos, na madrugada desta sexta-feira, de um infarto fulminante. Vianna era o Capitão Aza, a “Xuxa” da minha geração e estava morando no Mato Grosso do Sul com a mulher, o filho e a nora. Em seu programa na extinta TV Tupi, ele passava o que havia de melhor na época: os desenhos “desanimados” da Marvel, o seriado do Batman e muito, muito mais. Saudoso Capitão Aza. Lembro que minha mãe me levou nas gravações de um dos programas. Fiquei no auditório da Tupi durante a gravação (foi uma decepção quando percebi que não passavam os desenhos na hora, só na versão editada para exibição – claro). No final, quando os créditos subiam, o Aza ainda falou sua mensagem final abraçado a este que vos escreve! ; )
O programa do Capitão Aza durou de 1966 a 1979.

Em homenagem ao símbolo da infância em tempos de chumbo, posto aqui a letra do tema oficial do Capitão Aza (que é bizarramente psicodélica):

“Comandando uma astronave e rasgando o céu
Vou pisando em estrelas, constelações
Deixo longe um mundo aflito e a Bomba H
Corpo livre no infinito eu vou
Na estrada do sol
Traço o rumo dos meus passos na solidão
Ganho espaço nas revistas, televisões
Mas os homens se destroem nas guerras
em nome do amor…”

Aza, entre outras coisas, foi quem levou Jô Soares para a TV. Esta e outras histórias podem ser lidas no site oficial do cara, em www.capitaoaza.com.br/

Valeu, Aza!

Posted in Cinema and tagged , .

Alex Mandarino

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *