Capas Bizarras

Image hosted by Photobucket.com

Essa é a capa do número 66 da revista Journey Into Mystery, lançada pela Marvel em março de 1961. Na época, super-heróis ainda não haviam voltado à moda e o mundo era dos monstros. Nesta edição, a Marvel apresentava mais um dos incontáveis monstros que invadiram a Terra nos quadrinhos dos anos 50 e início dos 60: o Hulk.
Meses depois (em novembro de 1961), a Marvel lançaria o primeiro número de Fantastic Four, dando vida ao universo Marvel e deixando os pobres monstrengos no esquecimento. Mas, obviamente, o nome “Hulk” não foi esquecido e batizou, um ano depois, o monstro verde que todos conhecem. O Hulk original que aparece nesta edição acabou voltando, por obra do roteirista Roy Thomas, em 1971, em uma história dos Defensores. Rebatizado como Xemnu, acabou virando um inimigo do Incrível Hulk em histórias dos anos 70. Mas nada pode reescrever a história: esse ursinho de pelúcia cósmico com uma panela na cabeça é e sempre será o primeiro Hulk. A capa, claro, foi desenhada por Jack Kirby.
Ah, toda terça-feira vou postar uma capa bizarra de quadrinhos aqui, seja americano ou brasileiro, de super-heróis, ficção, faroeste ou terror, dos anos 30 a 90. Enfim, qualquer capa vale, desde que seja bizarra. Tenho uma coleção de milhares de quadrinhos com capas implorando para serem escaneadas. Quem sabe volto a dormir à noite sem acordar gritando.

Posted in Quadrinhos and tagged .

Alex Mandarino

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *