"Vida e morte faltaram à minha vida. Dessa indigência, meu laborioso amor por estas minúcias"

- Jorge Luís Borges, para o prólogo de "Discussão", 1932. 

 

Posted in Literatura and tagged , .

Alex Mandarino

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *